Liam Payne celebra o aniversário de Made In The A.M.
Entretenimento,  Música

LIAM PAYNE COMEMORA ANIVERSÁRIO DO ÁLBUM ‘MADE IN THE A.M.’

Liam Payne surpreendeu os fãs de One Direction quando se recordou do aniversário do álbum ‘Made In The A.M.”, o último gravado pela banda antes de anunciar hiatos. Nesta quarta-feira, 13, o CD completou 4 anos de existência e o único membro que se manifestou a respeito da data comemorativa foi Payne, que fez uma publicação em suas redes sociais e marcou os ex-membros, Louis Tomlinson, Niall Horan e Harry Styles.

PUBLICAÇÃO FEITA POR LIAM PAYNE EM COMEMORAÇÃO AO ANIVERSÁRIO DE 4 ANOS DO ÁLBUM “MADE IN THE A.M.”

 

 

“Feliz 4 anos Made In The A.M., honestamente um dos meus álbuns favoritos que fizemos … e também há 4 anos, eu finalmente aprendi a olhar para câmera ao invés de olhar para longe dela. (Leia a próxima parte com a narração de Ryan Reinolds) ahhh você continua fazendo o seu mini Liam com o seu pequeno chapéu… Eu me pergunto o que você está pensando… você localizou comida,,, ermmm um pequeno devaneio talvez… ou TALVEZ!! Está fora de protesto porque você ficou com o espaço do chão, não um confortável no sofá e agora a sua bunda está doendo. Quem sabe?”

Zayn Malik já havia deixado o One Direction quando o grupo gravou “Made In The A.M.”. Recentemente, Liam cedeu entrevista à GQ Magazine UK e fez comentários a respeito do ex-parceiro de banda, expondo sua opinião de forma madura.

“A Respeito do Zayn, ele ama música e ele é incrivelmente talentoso. Ele era genuinamente o melhor cantor do One Direction, de todos nós e digo isso de coração. Mas pra ele ter chegado ao ponto de não conseguir pisar em um palco? É muita coisa. Eu quero dizer, ele está se saindo muito bem agora. Os números dele nas plataformas de streaming são ridiculamente bons, mas eu acho que ele sente um pouco de falta de se apresentar, você sabe. Ele parece não ter conseguido superar essa parte. Todos nós temos isso.”

Malik se transformou numa espécie de fantasma, após sair de maneira abrupta da banda em 2015, enquanto o 1D ainda estava em turnê. Era fácil reconhecer a tensão dos quatro membros que permaneceram juntos, principalmente durante as entrevistas e as declarações afiadas que foram feitas de ambos os lados por algum tempo. Atualmente, Harry Styles, Liam Payne, Niall Horan, Louis Tomlinson e Zayn Malik aparentemente ainda possuem algumas feridas  passadas em aberto.

“Eu não queria que ele sentisse que estava enfrentando tudo aquilo sozinho de alguma maneira, ou que todos nós estávamos tentando atingi-lo. Somos as únicas cinco pessoas que sabemos o que você está passando. Estávamos todos em uma sala uma vez e você foi embora – justo, mas você não quer que ninguém enfrente tantos males sem motivo. Mas chegou a um determinado ponto para mim que eu não saberia sequer por onde começar com o Zayn. Eu espero que ele tenha boas pessoas o cercando, mas eu não acredito que neste determinando momento, seja algo que o resto de nós consiga resolver”.

Liam Payne para a Hugo Boss
(Divulgação: Liam Payne para a Hugo Boss | Mert and Marcus)

Mas Liam não se abriu somente a respeito de Malik, ele também teceu comentários sobre os demais membros e falou sobre um possível retorno.

“Nós tivemos nossas diferenças com algumas coisas durante toda a experiência. Eu ainda penso em algumas coisas que foram ditas e feitas que agora eu faria diferente, mas isso tudo faz parte do amadurecimento. Estar no One Direction foi como uma mentalidade escolar de alguma maneira, a Universidade One Direction, eu a chamo. Todos têm coisas que foram ditas em festas que gostariam de não ter dito, mas para nós a diferença é que estava acontecendo na frente do mundo inteiro. Agora estamos mais velhos, e pra mim, certamente há coisas que não me aborrecem mais como antes. Eu acho particularmente que a saída de Zayn e como ele escolheu ir embora… na realidade não tivemos mais notícias dele desde que ele partiu. Para ser sincero, ele sequer se despediu de nós. Foi um cenário realmente sórdido do nosso lado. Um pouco estranho. É difícil”.

Quando questionado a respeito de sua carreira, após o hiatos da banda, Liam falou um pouco da própria experiência e mencionou Styles como exemplo.

“Tudo mudou. Novos times, novos empresários, novos selos de gravadoras. Construir esses relacionamentos pode ser um pouco complicado. Você também se torna o chefe da sua própria merda e eu tinha 21, 22 quando eu comecei a fazer as minhas próprias coisas, então é tudo um pouco assustador e pode ser um pouco solitário. Isso não é uma reclamação, é também muito divertido. Nós temos um ótimo time. Agora todos os membros da banda passaram por esses primeiros anos e você pode ver todos se reencontrando. Tome o Harry como exemplo. Você sabe, ele acabou de encontrar o que eu acho que é o som dele e exatamente onde ele quer estar, o que levou poucos minutos para ele se ajustar desde que o seu último álbum foi lançado. Então, sim, leva tempo”.

A entrevista também revelou alguns problemas pessoais que Liam enfrentou nos últimos anos, como o abuso de álcool e medicamento. O cantor conta que precisou recorrer à terapia para ajuda-lo a entender e enfrentar algumas dificuldades a respeito da vida.

Na última terça-feira, 12, Payne se abriu sobre assuntos pessoais ao “Straight Talking with Ant Middleton” e falou a respeito de saúde mental e em como a fama quase o matou.

Straight Talking with Ant Middleton

“Devido algumas circunstâncias, tenho muita sorte de ainda estar aqui”, disse ele. “Há momentos em que esse nível de solidão e as pessoas entrando em você todos os dias, é como: quando isso vai acabar? Isso quase me matou algumas vezes”.

Ao seguir carreira solo, Liam lançou diversos singles e realizou parcerias musicais e agora lança seu álbum de estreia, o “LP1” em 6 de dezembro de 2019.

Continue navegando em nosso blog. Para acessar o último post publicado, clique aqui.

 

Uma jornalista um tanto quanto nerd, apaixonada por conteúdo, música, filmes, séries e afins. Fundou o blog para dividir as alegrias e as angústias de uma vida que surpreende a cada novo capítulo.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.