Entretenimento,  Eventos

AUDITÓRIO CINEMARK NA CCXP19 | PAINÉIS E CONVIDADOS

Hora hora hora se não estou mais do que atrasada em finalizar este assunto por aqui, não é mesmo? Então para encerrarmos a edição de 2019 de uma vez por todas, vou contar um pouco como foi a nossa experiência no Auditório Cinemark na CCXP19, mais especificamente, no domingo.

Após todo aquele drama que todo mundo ficou sabendo a respeito da entrega das pulseiras, na sexta-feira para o auditório de sábado (reportei este assunto nos primeiros textos e também nos stories no instagram que, aliás, ficaram salvos, então se não ficou sabendo, corre lá) acabamos perdendo a chance de disputar pela oportunidade de entrar no auditório de sábado. Ficamos sabendo da situação ainda no apartamento em que estávamos, por volta das 20h, quando nas demais edições, a entrega ocorria durante a madrugada de um dia para o outro, ou seja, após a meia noite.

Depois de muito tumulto, episódios estranhos e que nos assustaram, optamos por não pagar pra ver a bagunça de sexta e abrir mão do evento no sábado para irmos direto para a fila do auditório de domingo. Chegamos lá 12h00 isso mesmo, MEIO DIA. A grande revolta a respeito do assunto é exatamente termos que abrir mão de um dia inteiro de evento pago para permanecermos na fila. Antes que digam algo, sim, foi uma escolha feita por nós, mas algo que nos sentimos forçados a fazer já que pela primeira vez em três anos consecutivos em que comparecemos, foi quebrado o protocolo de entrega de pulseiras. No próprio site da CCXP estava informado na época que as entregas ocorriam somente durante a madrugada. O problema é que a decisão de entregar as pulseiras durante o dia não foi informada previamente ao público, pelo menos não com a antecedência justa e devida. De qualquer forma, fomos até a CCXP e entramos na fila do auditório ao meio dia de sábado e levamos o que conseguimos para virar o dia todo e uma noite inteira na fila, dentro do estacionamento da Expo SP.

ATRAÇÕES DE DOMINGO NO AUDITÓRIO CINEMARK NA CCXP19

O auditório atinge um outro patamar na CCXP que só quem vive sabe o que ele é capaz de proporcionar. A experiência é completamente imersiva e nos faz sentir emoções em graus que não sabíamos que era possível sentir. Se você é fã da cultura pop como um todo e sabe apreciar a arte em si, além dos seus ídolos e dos seus conteúdos de interesse, o painel será ainda melhor pra você.

80 ANOS DE BATMAN | AUDITÓRIO CINEMARK NA CCXP19

O auditório na CCXP19 de domingo foi iniciado com uma grande homenagem aos 80 de Batman. A banda Leela apresentou uma mini ópera-rock com temas do homem morcego e foi de arrepiar, diga-se de passagem. Enquanto a banda realizava sua performance ao vivo para o público, na tela eram exibidas várias versões do herói ao longo dos anos, em diferentes formatos. Vou deixar um vídeo da apresentação da banda Leela aqui embaixo pra vocês conferirem um pouco do que eles fizeram no auditório Cinemark.

Após a abertura que foi um espetáculo à parte, fomos agraciados com a presença de Frank Miller, Rafael Grampá, Neal Adams e Eduardo Risso. Miller e Grampá aproveitaram a passagem pela CCXP19 para fazer a divulgação e bater um papo sobre a HQ Dark Knight Returns: The Golden Child, na qual é escrita por Frank e ilustrada por Grampá. O brasileiro inclusive revelou durante o painel que foi escolhido pelo próprio Miller para fazer parte do projeto e falou um pouco sobre o bom relacionamento entre eles. A HQ está com o lançamento previsto no Brasil em 16 de junho de 2020.

THE WITCHER | AUDITÓRIO CINEMARK NA CCXP19
(Henry Cavill e Lauren Hissrich de The Witcher no Auditório Cinemark na CCXP19)
(Henry Cavill e Lauren Hissrich de The Witcher no Auditório Cinemark na CCXP19)

A Netflix surpreendeu o público ao trazer o ator Henry Cavill e a roteirista-chefe e showrunner da série The Witcher, Lauren Hissrich. Ambos estiveram presentes no painel da streaming para falar um pouco sobre a produção da série e mostrar algumas cenas exclusivas para as pessoas presentes no auditório. Lauren fez elogios a Cavill, em relação ao comprometimento do ator com o papel e falou com propriedade do trabalho que desenvolveu com o mesmo por mais de um ano. A Netflix já havia informado que havia preparado uma surpresa, mas ninguém esperava que ela fosse ser dessa magnitude.

Sei que muitas pessoas admiram o trabalho do Cavill, mas se você não conhece o trabalho da Lauren, vá conhecer, porque ela é uma mulher incrível e a forma como fala do desenvolvimento do próprio trabalho é muito inspirador, principalmente pra quem admira a área ou pretende trabalhar no ramo.

LA CASA DE PAPEL | AUDITÓRIO CINEMARK NA CCXP19

Este sem dúvida era um dos momentos mais aguardados de domingo e a espera valeu a pena. Estiveram no palco da CCXP: Pedro Alonso (Berlín), Alba Flores (Nairobi), Esther Acebo (Mónica Gaztambide), Darko Peric (Helsinki) e Rodrigo de La Serna (Palermo). Os atores foram ovacionados e falaram um pouco sobre os seus personagens e a evolução que eles tiveram até o momento.

O Brasil os recepcionou muito bem e o carisma deles é sem igual, aliás, Pedro Alonso estava confiante arriscando a falar um pouco em português. Darko parece a própria personificação de Helsinki, levou o papo em extremo bom humor e repetiu várias vezes o quanto amava o Brasil. Alba e Esther parecem ter ficado surpresas com a recepção que tiveram e falaram da força feminina dentro da série. Antes de irem embora, Pedro também fez questão de mencionar que soube que muitas pessoas estavam na fila há quase 24h e agradeceu o carinho do público, dizendo que retribuirão todo o apoio dando o melhor de si em tela.

O auditório que estava ensurdecedor, também pode assistir alguns conteúdos inéditos da próxima temporada.

ESQUADRÃO 6 | AUDITÓRIO CINEMARK NA CCXP19

O elenco de Esquadrão 6 também esteve presente no palco da CCXP19. Vou admitir que o filme pode até não ser lá essas coisas, mas ver o Ryan Reynolds de perto foi incrível e ele é exatamente aquilo que ele aparenta ser: hilário. Os demais atores que estiveram presentes também deram um show de simpatia ao conversar animadamente e interagir com a plateia.

Durante o painel, foram divulgados vários trechos exclusivos do filme para o público presente.

HIS DARK MATERIALS | AUDITÓRIO CINEMARK NA CCXP19

A HBO trouxe os astros de ‘His Dark Materials’ para um painel no auditório de domingo. Os incríveis Ruth Wilson e Clarke Peters estiveram no palco falando sobre a série, mas também vagaram por assuntos profundos enquanto estiveram batendo um papo com apresentadora brasileira, Aline Diniz. A jovem atriz, Dafne Keen, infelizmente não pode vir ao Brasil por motivos pessoais, mas gravou um vídeo se desculpando com o público e que foi exibido logo no início do painel. Ruth parecia estar muito à vontade e feliz em estar no Brasil. O ator repetiu em vários momentos que sempre quis conhecer o nosso país.

NOVIDADES DA WARNER BROS. | AUDITÓRIO CINEMARK NA CCXP19

A Warner Bros. convidou o apresentador Marcos Mion para anunciar algumas datas, trailers e trechos inéditos de seus próximos lançamentos. Os netos do consagrado dublador, Orlando Drummond, serão responsáveis por dar seguimento ao legado do avô e serão os novos dubladores do Scooby-Doo. Alexandre Drummond subiu ao palco junto com um boneco do Scooby para anunciar a novidade que será apresentada no próximo filme de animação da nossa trupe de detetives favoritos. “Scooby – O Filme” que estreia em 14 de maio de 2020.

GAL GADOT E PATTY JENKINS | AUDITÓRIO CINEMARK NA CCXP19

E por último e não menos importante, aliás, sendo a maior atração de domingo e talvez até mesmo da CCXP19 como um todo, vimos de pertinho a atriz Gal Gadot e a diretora Patty Jenkins. O painel da Mulher Maravilha se tornou um espetáculo, não somente aos olhos do Mundo, já que o mesmo foi transmitido ao vivo via Twitter, mas foi emocionante para quem esteve presente sentindo toda a vibração que o fã brasileiro tem e sabe transmitir como ninguém.

Foram entregues duas pulseiras PixMob para cada pessoa no auditório antes do painel ser iniciado. Essas pulseiras contem dispositivos LEDs vestíveis que são controlados com luz infravermelha, gerando cores sincronizadas com sons e imagens. A ideia dos braceletes foi genial! Três mil pessoas imitaram a pose da Mulher-Maravilha durante o painel e tudo isso com cores sincronizadas. FOI LINDO! Sério, de arrepiar.

Um pouquinho do que rolou por lá:

Continue navegando em nosso blog. Para acessar o último post publicado, clique aqui.

Uma jornalista um tanto quanto nerd, apaixonada por conteúdo, música, filmes, séries e afins. Fundou o blog para dividir as alegrias e as angústias de uma vida que surpreende a cada novo capítulo.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.