Demi Lovato no palco do Grammys
Entretenimento,  Música

DEMI LOVATO RETORNA COM NOVO SINGLE: 'ANYONE'

Demi Lovato retornou ao cenário musical neste último domingo, 26, no palco do Grammy Awards. A cantora foi convidada para cantar pela primeira vez uma música autoral na premiação e apresentou o novo single ‘Anyone’ para o público; uma música que revela o estado vulnerável em que a jovem se encontrava dias antes de sofrer uma overdose em 20 julho de 2018. Mais especificamente, a canção parece ter sido escrita apenas quatro dias antes do acidente, mostrando que de fato, Demi estava enfrentando um dos seus períodos mais sombrios de sua vida.

Já não é mais segredo pra ninguém, todos os problemas envolvendo saúde mental que Demi enfrentou ao longo dos anos e ainda enfrenta, já que esta, é uma batalha contínua e infelizmente a indústria na qual a cantora está inserida, é cruel. Passado por bullying, depressão, transtorno de ansiedade e bipolaridade, abuso de substâncias químicas e em 2018, uma overdose; Demi continua lutando e mostrando que sobreviveu apesar de tudo, e o quanto é forte para continuar a batalha que é discriminada e incompreendida pela sociedade.

“Aprendi que segredos fazem você adoecer. Estou aprendendo a ser uma voz e não uma vítima. Aprendi que sexo é natural. Aprendi que o amor é necessário, que partir o coração é inevitável e que a solidão é brutal. Aprendi que o segredo para ser feliz é contar a sua verdade e ficar bem sem todas as respostas.”

A apresentação da jovem emocionou o público. É preciso mais do que talento pra subir em um palco e cantar sobre seus demônios, é preciso coragem pra enfrentar tanto preconceito e julgamento. Em recente entrevista a Zane Lowe para a Beats 1, da Apple Music, Demi Lovato abriu seu coração sobre o processo criativo de ‘Anyone’ e diz que a música é um pedido de socorro que coincidentemente ou não, ninguém percebeu que de fato, ela não estava bem na época. Ela também revelou que um novo single está prestes a sair, e nele falará mais a respeito do que aconteceu, diferente de ‘Anyone’, que fala mais sobre como ela se sentia antes do episódio de overdose ocorrer.

CONFIRA A APRESENTAÇÃO DA CANTORA NO GRAMMYS:

CONFIRA A LETRA ORIGINAL E A TRADUÇÃO DE 'ANYONE' ABAIXO:

I tried to talk to my piano

I tried to talk to my guitar

Talked to my imagination

Confided into alcohol

I tried and tried and tried some more

Told secrets till my voice was sore

Tired of empty conversation

Cause no one hears me anymore

A hundred million stories

And a hundred million songs

I feel stupid when I sing

Nobody’s listening to me

Nobody’s listening

I talk to shooting stars

But they always get it wrong

I feel stupid when I pray

So why am I praying anyway?

If nobody’s listening

Anyone

Please send me anyone

Lord is there anyone

I need someone

Anyone

Please send me anyone

Lord, is there anyone?

I need someone

I used to crave the world’s attention

I think I cried too many times

I just need some more affection

Anything to get me by

A hundred million stories

And a hundred million songs

I feel stupid when I sing

Nobody’s listening to me

Nobody’s listening

I talk to shooting stars

But they always get it wrong

I feel stupid when I pray

Why the fuck am I praying anyway?

If nobody’s listening

Anyone

Please send me anyone

Lord, is there anyone?

I need someone

Anyone

Please send me anyone

Lord, is there anyone?

I need someone

Anyone

I need anyone

ohh Anyone

I need someone

A hundred million stories

and a hundred million songs

I feel stupid when I sing

Nobody’s listening to me

Nobody’s listening.

Eu tentei conversar com o meu piano

Eu tentei conversar com meu violão

Conversei com minha imaginação

Confidenciada em álcool

Eu tentei e tentei e tentei mais um pouco

Contei segredos até minha voz se ferir

Cansada de conversas vazias

Porque ninguém mais me ouve

Cem milhões de histórias

E cem milhões de canções

Eu me sinto estúpida quando canto

Ninguém está me ouvindo

Ninguém está ouvindo

Eu converso com estrelas cadentes

Mas elas sempre entendem errado

Eu me sinto estúpida quando oro

Então por que estou orando, de qualquer forma?

Se ninguém está ouvindo

Alguém

Por favor me envie alguém

Senhor, existe alguém?

Eu preciso de alguém, oh

Alguém

Por favor me envie alguém

Senhor, existe alguém?

Eu preciso de alguém

Eu costumava desejar a atenção do mundo

Acho que chorei muitas vezes

Eu apenas preciso de um pouco mais de afeição

Qualquer coisa que me faça continuar

Cem milhões de histórias

E cem milhões de canções

Eu me sinto estúpida quando canto

Ninguém está me ouvindo

Ninguém está ouvindo

Eu converso com estrelas cadentes

Mas elas sempre entendem errado

Eu me sinto estúpida quando oro

Porque diabos estou orando, de qualquer forma?

Se ninguém está ouvindo

Alguém

Por favor me envie alguém

Senhor, existe alguém?

Eu preciso de alguém

Alguém

Por favor me envie alguém

Senhor, existe alguém?

Eu preciso de alguém

ooh Alguém

Eu preciso de alguém

Cem milhões de histórias

E cem milhões de canções

Eu me sinto estúpida quando canto

Ninguém está me ouvindo

Ninguém está ouvindo

CONFIRA A ENTREVISTA DA BEATS 1 / APPLE MUSIC:

Demi sempre foi mais do que uma artista inspiradora, após anos escondendo os problemas que enfrentava, a artista sofreu um ‘breakdown’ que a deixou exposta em 2011, enquanto estava em turnê com os Jonas Brothers. A cantora acabou dando um soco em uma de suas dançarinas, o que foi a gota d’água para que ela fosse encaminhada para um centro de tratamento. Nos palcos era um monstro com sua potência vocal, mas nos bastidores as máscaras caíam e revelavam outra realidade que o público não conhecia. Demi Lovato enfrentava distúrbios alimentares, sequelas de bullying da infância, dependência química, transtorno de bipolaridade, ansiedade e depressão.

Existem dois documentários em que ela conta melhor a própria história e caso você queira (e achamos que deva), saber mais sobre a trajetória da cantora, fica a nossa recomendação. O primeiro minidocumentário é chamado de “Stay Strong” e relata exatamente o período em que a atriz deixa a clínica pela primeira vez e retorna ao cenário musical em 2012. Mas muitas águas rolaram, após esses registros. Em 2017, Demi lançou um novo documentário sobre sua vida, chamado “Simply Complicated” promovido pelo Youtube, e nele revela muitas situações complicadas em que esteve envolvida durante toda a sua vida, como o próprio título do documentário sugere.

ASSISTA O DOCUMENTÁRIO SIMPLY COMPLICATED:

“As pessoas acham que você é como um carro em uma oficina. Você vai lá, eles te consertam, você sai e funciona como novo, mas não funciona assim, sabe? É um conserto constante”,

O número de pessoas que destilaram ódio pela internet direcionados à cantora, em função do episódio e de sua saúde mental, é assustador. Nenhuma pessoa sobrevive em uma sociedade hostil, lidando com tantos problemas que são incompreensíveis perante a maioria, mas poucos enxergam assim. Demi Lovato passou por várias situações que a derrubaram, sim, mas que também a fortaleceram. Vê-la se reerguendo mais uma vez, procurando ajuda e falando sobre tudo o que enfrentou é inspirador e motivacional para muitas pessoas que possuem histórias semelhantes, mesmo em pequenos recortes dela.

A música faz conexões profundas e ajuda a salvar milhares de vidas todos os dias, como a minha. Procurar por vozes que descreviam o que talvez eu nunca pude dizer ou nunca soube colocar em palavras. A música foi aquele conforto quando o mundo esteve mais sombrio, mesmo que apenas dentro da minha cabeça ou mesmo ao meu redor. Não dá pra julgar a história de uma pessoa por um frame ou pelas lentes de terceiros. É preciso termos mais empatia e entender que nossas jornadas são diferentes, nossos corpos são diferentes, mas o impacto que podemos causar com nossas palavras pode salvar ou destruir alguém. Escolha o lado certo.

 

via GIPHY

Continue navegando em nosso blog. Para acessar o último post publicado, clique aqui.

Uma jornalista um tanto quanto nerd, apaixonada por conteúdo, música, filmes, séries e afins. Fundou o blog para dividir as alegrias e as angústias de uma vida que surpreende a cada novo capítulo.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.