Entretenimento

GRAMMY AWARDS CONTA COM DISCURSOS IMPORTANTES DURANTE A PREMIAÇÃO

A 61ª edição do GRAMMY Awards que teve nada menos do que a incrível Alicia Keys como a anfitriã da noite, nos presenciou com vários momentos marcantes, dando o pontapé inicial convidando ao palco Lady Gaga, Jada Smith, Michelle Obama e Jennifer Lopez. Todas fizeram discursos individuais e inspiradores sobre suas percepções sobre a música. Gaga relatou como a acusavam de ser estranha e que sua forma de se vestir e seu som não dariam certo, mas que a música a inspirou a não dar ouvidos para as pesadas críticas. Smith e Lopez também fizeram suas considerações pessoais, mas a maior estrela daquele momento foi Michele Obama, que foi ovacionada pelo público no Staples Center.

“A música sempre me ajudou a contar a minha história, e sei que isso é verdadeiro para todas as pessoas aqui, independentemente se gostamos de country, ou rap ou rock. Música nos ajuda a compartilhar nós mesmos; nossas dignidades, nossas tristezas, nossas esperanças e alegrias. Nos permite ouvir uns aos outros e a convidar as pessoas a participar. Música nos mostra que tudo isso importa. Cada história de cada voz, toda nota de cada canção. Não é verdade meninas?”

– Michelle Obama

OS MELHORES MOMENTOS DA NOITE

Além de fazer um belíssimo trabalho como apresentadora da noite, Alicia Keys ainda presentou o público com uma apresentação impecável com algumas músicas clássicas que impactou muitas pessoas ao longo dos anos, tocando 2 pianos ao mesmo tempo. #SEMDEFEITOS. Alicia Keys ainda fez um discurso quase poético sobre como a música nos impacta e influencia. “Como nós estamos nos sentindo essa noite? Sim, eu sei, a vibe é muito certa no Club da Keys. Eu quero dar boas-vindas para todos vocês ao Clube da Keys, onde a música é boa e atemporal, onde a vibe é sensacional”, disse Alicia Keys.

“Você sabe aquelas músicas que moram dentro de você? Elas vivem dentro de mim e você apenas as ama muito porque foi feita tão bem que você desejaria ter escrito ela você mesmo. É assim que eu me sinto em relação a essas músicas, eu gostaria de ter as ter escrito”

– Alicia Keys

Alicia Keys e John Mayer tiveram um momento muito bonito durante a apresentação, antes do anunciamento do prêmio de música do ano, a cantora fez questão de contar uma memória fofa que guarda com carinho de Mayer, ao relembrar que em 2004, eles concorriam na categoria de Música do Ano do GRAMMYs, mas Mayer saiu vencedor por “Daughters”, porém, o cantor foi até Keys e disse que ele não concordava com a decisão da academia e achava que a sua música “If I Ain’t Got You” deveria ter sido a verdadeira vencedora da categoria e fez questão de quebrar o prêmio e dividi-lo com a cantora. O momento ainda foi selado pelos músicos que reuniram os pedaços do prêmio após anos para mostrar ao público.

Lady Gaga também se emocionou ao receber o prêmio de Melhor Performance Duo/Grupo Pop. Ela lamentou que Cooper não estivesse presente para receber o prêmio com ela, mas agradeceu a parceria com o ator. Gaga realizou um discurso relevante sobre saúde mental, relacionando o tema ao filme Nasce Uma Estrela e o quanto se orgulha de fazer parte de um projeto que lida com esse tipo de assunto. A cantora também mencionou que muitos artistas sofrem com este mal e a importância de que as pessoas na indústria cuidem umas das outras.

“Se você ver alguém que estiver sofrendo, não ignore. E se você estiver sofrendo, mesmo sabendo o quanto isso é difícil, tente encontrar coragem dentro de si mesmo para mergulhar fundo e contar isso a alguém, e levá-los com você para dentro da sua mente”.

– Lady Gaga

Drake também fez um discurso profundo, mas que parece ter incomodado um pouco a academia, ao ser cortato antes de terminar sua fala. “Eu quero aproveitar essa oportunidade enquanto estiver aqui para falar com todas as crianças que estão assistindo e se inspiram em fazer música, a todos os meus parceiros que fazem música do coração, vocês já ganharam se vocês tiverem pessoas que estão cantando suas músicas palavra por palavra, se você é um herói na sua terra natal. Veja bem, se tem pessoas que tem trabalhos normais e que saem na chuva, na neve, gastando seu dinheiro suado para comprar ingressos para comparecer aos seus shows, vocês não precisam disso aqui (se referindo ao prêmio). Eu te prometo, você já venceu”, disse o rapper.

Ariana Grande também teve problemas com os organizadores do evento e se recusou a comparecer, mesmo concorrendo a uma das principais categorias da premiação.

OS ARTISTAS QUE TAMBÉM ABRILHANTARAM A NOITE DE PREMIAÇÃO DO GRAMMY AWARDS

Iniciando a noite com um medley de Camila Cabello, tendo sido a primeira vez que uma latina abre a noite de premiações do GRAMMY. Cabello ainda contou com a participação de Young Thug, Ricky Martin, J.Balvin e do famoso trompetista cubano, Arturo Sandoval. O canadense Shawn Mendes, que concorreu a dois prêmios na noite, fez uma bela apresentação ao lado de Miley Cyrus, apresentando a música “In my blood”. Kacey Musgraves que levou 3 prêmios na noite, também teve destaque ao cantar “Rainbow” em uma apresentação simples, mas muito bonita, encerrando-a com uma projeção de um arco-íricos no palco. Já Janelle Monáe nos presentou com uma performance de “Make me feel” e uma forte presença de palco como já esperado e um icônico “drop the mic” ao fim. O rapper Post Malone apresentou trechos de “Stay” e “Rockstar” e em seguida se uniou ao palco com a banda californiana Red Hot Chili Peppers para uma apresentação um tanto quanto divertida.

Lady Gaga foi uma das estrelas mais aguardadas da noite e não decepcionou ao cantar “Shallow” com sua presença de palco e sua entrega à composição que já lhe rendeu diversos prêmios pelo filme “Nasce uma estrela”. H.E.R. que saiu premiada por “Melhor álbum de R&B” também marcou presença no palco do GRAMMY AWARDS com “Hard Palace”. Cardi B que também levou seu primeiro GRAMMY por “Melhor álbum de Rap”, batendo Travis Scott, Pusha T, Nipsey Hussle e o falecido Mac Miller, apresentou “Money”.Dan + Shay, que levou o prêmio de “Melhor Performance de Duo/Grupo de Country pela canção “Tequila”, também apresentou a música vencedora ao público com uma performance emocionante e um incrível controle vocal ao fim. Brandi Carlile, que também estava concorrendo a um dos prêmios da noite, apresentou a emocionante “The Joke”. Dua Lipa levou os prêmios por “Melhor Gravação Dance/Eletrônica” e “Artista Revelação” e fez uma apresentação juntamente com St.Vincent. Travis Scott não levou um dos prêmios da noite apesar do favoritismo em algumas categorias, mas levantou a platéia ao som de “No Bystanders”. Jennifer Lopez se apresentou do jeito que o público a espera, com presença de palco e muita coreografia ao celebrar a motown.

HOMENAGENS A GRANDES MULHERES DA MÚSICA

A noite de premiações do GRAMMY Awards também foi regada de tributos e homenagens a grandes vozes da indústria, como a rainha do country Dolly Parton, que contou com a participação de vários artistas como Katy Perry, Kacey Musgrave, Miley Cyrus, Maren Morris, Linda Perry e Little Big Town. A consagrada Diana Ross, comemorou os 75 anos no palco do GRAMMYs e foi muito aplaudida pelo público. A cantora também contou com a presença em peso de sua família para prestigiar esse momento tão importante. A querida Aretha Franklin também não foi esquecida, e foi homenageada por Yolanda Adams, Andra Day Music e Fantasia. O cantor e compositor Donny Hathaway também teve seu legado homenageado por Chole x Halle cantando “Where is the love”.

PRINCIPAIS PREMIAÇÕES DO GRAMMY AWARDS

Confira a lista completa de vencedores:

Uma jornalista um tanto quanto nerd, apaixonada por conteúdo, música, filmes, séries e afins. Fundou o blog para dividir as alegrias e as angústias de uma vida que surpreende a cada novo capítulo.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.