Entretenimento,  Filmes

Bohemian Rhapsody – Um dos favoritos ao prêmio | Maratona Oscar

Dando sequência ao nosso especial Maratona Oscar 2019, falaremos sobre um dos favoritos da deste ano, Bohemian Rhapsody, indicado a 5 categorias pela Academia, dentre elas Melhor Filme, Melhor Ator, Melhor Edição, Melhor Edição de Som e Melhor Mixagem de Som. O filme já levou alguns prêmios, como Globo de Ouro e está entre os favoritos para levar ao menos um Oscar. Bohemian Rhapsody é um filme biográfico da banda britânica Queen, mas o foco fica no frontman Freddie Mercury.

Retratar uma longa carreira de sucesso não é uma tarefa fácil, e diversos fatos reais foram ignorados ou alterados na adaptação, o que frustrou alguns fãs e admiradores da banda, como a banda se formou por exemplo, que é retratada de maneira bem diferente da original. O filme foca bastante no processo de gravação dos álbuns, composições e turnês, mostrando a ousadia e a criatividade dos membros da banda ainda naquela época, mas a figura de Mercury e sua vida pessoal assume maior protagonismo no longa.

(Reprodução: Bohemian Rhapsody | Fox Film)

Freddie Mercury foi um dos seres mais excêntricos e ousados que passou pelo planeta Terra. Sua criatividade sem fim, seu talento e sua voz talvez fossem únicas demais para serem representados com tanta fidelidade e mérito. Apesar de conseguirem moldar a aparência de Rami Malek, responsável por dar vida a Freddie em Bohemian Rhapsody, em algo muito semelhante a de Mercury, sua atuação aparenta um pouco caricata, até mesmo para tudo que o cantor um dia foi; e é de se entender toda a complexidade de uma pessoa como Mercury era. As dublagens de Malek também não alcançam uma qualidade precisa em algumas cenas e deixa a desejar em algo que se assemelhe a potência vocal de Mercury.

A trilha é o que sustenta o filme do início ao fim. Música não tem prazo de validade e pode ser apreciada em diversos momentos em diferentes tempos, afinal de contas, Queen é Queen. Infelizmente o filme não emociona como esperado, mas carregar uma enorme bagagem de uma banda histórica nas costas é de fato uma grande responsabilidade. Mas algo seja dito, ser um sucesso de bilheterias significa que a memória de Freddie Mercury se mantém viva e assim permanecerá, assim como de todos os membros da banda que se mantém ativa, agora com Adam Lambert nos vocais.

(Reprodução: Bohemian Rhapsody | Fox Film)

Continue acompanhando nosso especial Maratona Oscar 2019! 😉

NOTA:

TRAILER:

Uma jornalista um tanto quanto nerd, apaixonada por conteúdo, música, filmes, séries e afins. Fundou o blog para dividir as alegrias e as angústias de uma vida que surpreende a cada novo capítulo.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.