Entretenimento,  GRLPWR,  Música

Mother’s Daughter | Miley Cyrus divulga videoclipe de single

Miley Cyrus divulgou nesta terça-feira, 2, o videoclipe de Mother’s Daughter. O single faz parte do EP, She Is Coming. O videoclipe traz algumas temáticas como feminismo, empoderamento, diversidade e maternidade, e Cyrus aborda todos os assuntos sem medo das críticas que virão. A discussão é válida, urgente e necessária.

Miley também manda alguns recados na tela como: “L’héroïsme de la chair” (O heroísmo da carne). “Every woman is a riot” (Toda mulher é uma revolução). “Not and object” (Não é um Objeto). “You are f*** beautiful” (Você é lindx pra car***). “Sin is in you eyes” (O pecado está nos seus olhos). “Feminist AF” (Feminista pra car***). “Virginity is a social construct” (Virgindade é uma construção social) e “I am free” (Eu sou livre).

“Oh meu Deus, ela tem o poder!”

O elenco de Mother’s Daughter se apresenta com força e diversidade, cada qual com sua luta. Para reforçar o contexto e explicar a participação dessas pessoas, que não são nada simplórias, Miley publicou o depoimento de cada uma delas pessoas em seu perfil oficial do Instagram, contando um pouco de suas histórias e vamos deixar esses relatos traduzidos abaixo:

(Reprodução: Instagram Miley Cyrus) | (Trydryn Scott para o videoclipe Mother's Daughter)

“Então, na minha vida diária eu costumo expressar minha liberdade através da minha moda – é como se fosse a minha voz porque eu não gosto de falar muito, gosto de deixar tudo aberto para interpretação. Felizmente eu realmente não preciso lutar pela minha liberdade, mas para aqueles precisam, eu definitivamente falo e continuo a agitar na esperança de inspirar a próxima garota como eu. Ativismo para mim é empurrar a agenda de permanecer fiel a si mesma e manter isso genuíno.

Eu sinto que se eu continuar a mostrar e a espalhar a mensagem/história, ela vai alcançar as massas.

Ativismo é um esforço em grupo para manter ele simples, especialmente para a mudança social que mais pessoas devem começar, antes de se envolverem com muitas coisas tendenciosas/distorcidas devido as redes sociais – comece em casa! Se as suas palavras não estiverem vindo do coração ou de uma fonte confiável (não o twitter!) quem você está ajudando? Mulheres como eu, jovens ou velhas, me dão esperança para continuar a luta pela liberdade como mulheres de pele escura no mundo! #MulheresNegrasArrasamTrydryn Scott (Participação no videoclipe Mother’s Daughter)

(Reprodução: Instagram Miley Cyrus) | (Melanie Sierra para o videoclipe Mother's Daughter)

“Eu precisei lutar a minha vida inteira para ser vista e ouvida. Eu nunca me senti preparada para o mundo. Eu nunca entendi o significado de ter auto-estima. Isso nunca esteve penetrado a mim. Minha ansiedade me silenciou até eu finalmente perceber que precisava me expressar artisticamente para verdadeiramente entender o que liberdade significava. Eu tinha a dança, eu tinha a música, eu tinha minhas palavras, minha voz, minha verdade e era como se cada experiência na minha vida houvesse me guiado para aquele momento. Minha voz é minha verdade e minha verdade é o sangue da minha arte, é o pulso que me permite lutar por mim mesma e por outros para sempre serem vistos e ouvidos”. – Melanie Sierra | @melamurder (Participação no videoclipe Mother’s Daughter)

(Reprodução: Instagram Miley Cyrus)
(Reprodução: Instagram Miley Cyrus) | (Angelina Duplisea para o videoclipe Mother's Daughter)

“Eu sempre fui uma lutadora. Talvez nem sempre da forma mais produtiva, mas lutar por mim mesma, por um amigo(a) ou mesmo por um estranho que esteja sendo intimidado, sempre fez parte da minha personalidade.A aceitação da gordura é baseada na noção de que todas as pessoas gordas, independentemente de saúde, merecem respeito. Essa é uma batalha que é travada todos os dias por milhares de pessoas, incluindo eu mesma. A acessibilidade das mídias sociais nos permite dar uma espiada nas pessoas vivendo suas vidas, mas muitas vezes a conversa se torna negativa quando há corpos gordos envolvidos. As pessoas apenas amam deixar comentários horríveis nas fotos de pessoas gordas, a fim de se sentirem superiores, mas eu prometo a você que nenhum desses comentaristas realmente se importam com saúde, família, meio ambiente ou qualquer outra porcaria de razão que eles dão para o comportamento vil deles com uma pessoa gorda. 

E sério, como diabos a saúde importa no contexto de alguém estar postando uma foto deles mesmos se sentindo felizes e confiantes?

(Dica: não importa, pare de fingir que sim). Na próxima vez que ver uma pessoa gorda postando fotos delas mesmas vivendo suas vidas, pare e pergunte pra si mesmo(a) porque você gostaria de estragar a felicidade deles. Eu garanto que você não pode inventar uma razão válida que não seja baseada na própria gratificação do seu ego. Pare e faça melhor! Nós humanos temos MUITO o que aprender, mas podemos começar combatendo nossos próprios preconceitos e permitindo que pessoas de todos os gêneros, raças, sexualidades, tamanhos, habilidades e níveis de saúde vivam livres de assédio. Não brinque com a liberdade deles de se sentirem felizes e belos agora, nem mesmo quando a sociedade disser que está tudo bem fazer isso”. – Angelina Duplisea | @anactingangel (Participação no videoclipe Mother’s Daughter)

(Reprodução: Instagram Miley Cyrus) | (Paige Fralix para o videoclipe de Mother's Daughter)

“Somos um corpo de pessoas tão diversos em nossas necessidades, vontades e desejos. A única maneira infalível de assegurar que eu me sinta pessoalmente representada é usando a minha voz. Disso eu sei. O que eu não sei é por que estou lutando contra uma força interna que coloca a passividade sobre atividade, e o condicionamento social sobre individualidade. Essas forças não podem vencer porque anseio por uma vida de significado, uma vida de fortes conexões humanas, um mundo melhor para meus futuros filhos. Eu devo fazer mais do que apenas assinar uma petição aqui ou ali. Sinceramente, um milenar está tentando compreender como tudo é realmente profundo. – Paige Fralix | @paigefralix (Participação no videoclipe Mother’sDaughter)

(Reprodução: Instagram Miley Cyrus) | (Aaron Philip para o videoclipe de Mother's Daughter)

Como uma garota negra em uma cadeira de rodas, que por acaso é trans – Eu apenas quero ter uma boa vida e fazer o bem em qualquer coisa que meus esforços consistam, independentemente do que isso possa significar perante à opressão. Eu não me identifico ou me rotulo como uma ativista, mas isso é porque eu apenas me importo e eu penso que todos deveriam também, ativistas ou não. Eu luto pela minha liberdade sendo eu mesma. – Aaron Philip | @aaron___philip (Participação no videoclipe Mother’sDaughter)

(Reprodução: Instagram Miley Cyrus)
(Reprodução: Instagram Miley Cyrus) | (Vendela para o videoclipe de Mother's Daughter)

“Fui questionada por raspar a minha cabeça: ‘Você era tão linda com o seu cabelo longo’. Fui questionada sobre posar nua: ‘Isso pode prejudicar a sua carreira’. Já me disseram que preciso sorrir mais: ‘Não seja tão séria’. O que as pessoas não entendem é que eu faço tudo isso porque eu quero. É simples. Eu não tenho medo de ser quem eu sou e não quem a sociedade diga o que devo ser como uma mulher. Eu não estou de acordo com as normas. Nunca sinta medo de falar com sua própria voz e formar suas próprias opiniões. Faça o que quiser fazer e qualquer coisa que faça VOCÊ feliz. Se empodere. Melhor ainda, vamos empoderar umas às outras” – Vendela | @vendela (Participação no videoclipe Mother’sDaughter)

(Reprodução: Instagram Miley Cyrus) | (Amazon Ashley para o videoclipe de Mother's Daughter)

“Às vezes me sinto tão desamparada e desencorajada porque existe tanta injustiça e discriminação e ódio no mundo que vivemos … e agora em particular, sob nossa atual administração, este dilema é ampliado dez vezes! No entanto, eu ainda acredito que há esperança!! Estamos vivendo nos tempos sombrios, mas ‘isso também passará’!! Eu rezo para que a bondade vença e as trevas não prevaleçam”. – Amazon Ashley | @theofficialamazonashley (Participação no videoclipe Mother’sDaughter)

(Reprodução: Instagram Miley Cyrus)
(Reprodução: Instagram Miley Cyrus) | (Casil McArthur para o videoclipe de Mother's Daughter)

“Eu tento viver o mais autenticamente possível – e quero criar um espaço onde todos possam fazer o mesmo. Eu não quero que as pessoas vivam com medo por causa de como elas escolheram se identificar e expressarem para o mundo. Eu quero que as pessoas vivam e amem livremente. Minha existência não deveria ser desagradável para as pessoas, mas se for, ótimo. Pessoas como eu e a minha comunidade não vamos a lugar algum. Estamos chegando a uma geração em que é muito mais aceitável expressar nós mesmos e nossas identidades. – Casil McArthur | @casil_the_goat_lord (Participação no videoclipe Mother’s Daughter)

(Reprodução: Instagram Miley Cyrus)
(Reprodução: Instagram Miley Cyrus) | (Lacey Baker para o videoclipe de Mother's Daughter)

“Tomar uma posição pelas mulheres e pela comunidade queer no skate me trouxe à vida de uma forma poderosa. É crucial criar espaço para comunidades marginalizadas todos os dias e a plataforma que tenho através do skate é um veículo perfeito para isso. Há tanto amor para compartilhar nas comunidades LGBTQ ao redor do mundo, e poder aproveitar este amor através do skate é tão bonito. A comunidade queer me dá muita vitalidade. #LGBTQ #ORGULHO – Lacey Baker | @laceybaker (Participação no videoclipe Mother’s Daughter)

Não mexa com a minha liberdade!

(Reprodução: Instagram Miley Cyrus)
(Reprodução: Instagram Miley Cyrus) | (Miley e Tish Cyrus para o videoclipe de Mother's Daughter)

A mãe de Miley, Tish Cyrus também participa do videoclipe e a jovem não poupou elogios para ela, exaltando-a igualmente no Instagram: “CHEFE! Mãe-empresária, produtora, designer de interiores, ícone da moda, desafia o tempo e a idade, a mãe mais foda de todos os tempos! #MothersDaughterVideo”

O EP – “She is Coming” foi divulgado em maio e é o primeiro de uma trilogia de EPs que serão lançados por Miley Cyrus. “She Is Here” e “She Is Everything” ainda não tiveram datas de lançamento divulgadas.

Continue navegando em nosso blog. Para acessar o último post publicado, clique aqui.

Uma jornalista um tanto quanto nerd, apaixonada por conteúdo, música, filmes, séries e afins. Fundou o blog para dividir as alegrias e as angústias de uma vida que surpreende a cada novo capítulo.

One Comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.