Entretenimento,  Eventos

HBO NA CCXP19 | SAIBA QUAIS FORAM AS ATRAÇÕES

Não preciso nem dizer que a HBO na CCXP19 foi um dos estandes mais disputados do evento né? E já tendo em mente que algumas marcas são as mais procuradas anualmente, já que desde o início elas abraçam a experiência como um todo, logo estipulamos nosso roteiro: Netflix, HBO e Warner Bros.

Infelizmente, pelas inúmeras razões que já mencionamos anteriormente, seja no primeiro post sobre a CCXP19, como em nossos stories no Instagram durante a cobertura do evento, este ano perdemos MUITAS atrações devido a má organização do evento, o que nunca havia acontecido nas edições anteriores.

É triste continuarmos reportando isso, mas é complicado termos prometido a cobertura de algo e não ter conseguido cumprir para trazer o melhor conteúdo possível pra vocês, exatamente pela falta de organização do staff este ano e não por falta de planejamento da nossa equipe. Ao fim, ao sentarmos para analisar a experiência agora, percebemos o quanto ela ficou incompleta se compararmos com os anos anteriores, então não se impressionem caso o que você mais queria saber não esteja aqui, ok? Bora lá.

HBO NA CCXP19 – Watchmen, His Dark Materials e Westworld

Devo admitir que quando foi divulgado o mapa das atrações da HBO na CCXP19, fiquei completamente anestesiada, principalmente em relação a Watchmen. No primeiro dia, as pulseiras estavam esgotadas no momento em que entramos no evento, por sorte ou instinto talvez, voltamos ao estande para perguntarmos sobre como estavam sendo realizadas as entregas das pulseiras, e por sorte conseguimos pulseiras em uma segunda distribuição.

De forma inteligente, a HBO percebeu que era possível abrigar mais pessoas dentro da ativação de acordo com o esvaziamento da mesma, porque nem todas as pessoas levam o mesmo tempo dentro da experiência proposta, então consequentemente, com o passar do dia, seria possível abrigar mais pessoas; diferente da situação com a Netflix, que determinou X pessoas por dia e não abriram mais exceções durante os 4 dias de evento, frustrando MUITA gente (uma pena né?). 🙃

Mas verdade seja dita, a HBO na CCXP19 não se provou tudo aquilo que vendeu, já que a emissora em edições anteriores realizou propostas de ativações bem melhores. Ficamos um pouco decepcionadas se analisarmos as experiências passadas, onde fizemos por exemplo, um vídeo imersivo com figurino e objetos de cena de Game Of Thrones, em uma das atrações em 2017 (e olha que ficamos 4 horas na fila pra isso – confira o resultado abaixo).

O estande nos manteve inicialmente em uma fila para iniciarmos a experiência, enquanto aguardávamos, era possível conferir de perto os figurinos de Westworld em exposição ao nosso redor.

Existia uma atração específica da HBO na CCXP19 específica, que infelizmente era tão exclusiva que possivelmente pouquíssimas pessoas saíram de lá podendo contar o que viram. Aparentemente nem mesmo o staff completo sabia do que se tratava para informar, mas eles mesmos disseram que eram escolhidos menos de 10 convidados por sessões, ou seja, sorte não foi o nosso forte nesta edição.

Após passarmos por Westworld, entramos numa breve área de Watchmen, que me deixou bastante chateada já que minha expectativa estava alta em relação a ela. Entramos em um pequeno espaço fechado por cortinas com algumas pessoas onde assistimos um vídeo de poucos minutos acima de nossas cabeças, que nos lembra a cena do episódio de estreia de Watchmen, quando Angela precisa encostar o carro com Topher para se resguardar de uma chuva de lulas. Não achamos a experiência nem imersiva, nem sensorial ou sequer interessante, mas ok.

Ao sair deste espaço, nos deparamos com alguns bonecos dos ‘policiais’ e os figurinos da série. Ao passar rapidamente por essa área, fomos encaminhados para três tabletes que reproduzem o interrogatório de Looking Glass como na série, mas a ação também não provocou entusiasmo.

Saindo de Watchmen, somos introduzidos novamente a partes relacionadas a Westworld e His Dark Materials. Neste setor, talvez o mais interessante tenha sido a representação do corpo humano nu de Westworld, baseada no Homem Vitruviano de Leonardo da Vinci e a réplica em tamanho real do urso polar Panserbjørne de His Dark Materials. Haviam algumas telas para fazer um pequeno vídeo interativo de His Dark Materials, onde o usuário poderia escolher um Daemon e gravar um vídeo curto que seria enviado no e-mail. Muitas pessoas sequer deram relevância pro vídeo e saíram do estande sem gravá-lo e sinceramente? O resultado final não desperta vontade de publicar porque não provoca relevância no conteúdo gerado, que acaba sendo bobo.

No estande também haviam alguns QRCodes que nos possibilitavam adquirir filtros para o Instagram exclusivos das produções originais da HBO, mas devido a falta de conexão do wifi local e até mesmo o mal sinal de muitas companhias telefônicas, provavelmente devido ao grande número de pessoas reunidos no mesmo estabelecimento, os visitantes estavam sendo orientados a fotografar os QRCodes para testar em outro momento que pudessem.

A experiência sem dúvida deve ter sido um pouco melhor para as pessoas que visitavam a CCXP pela primeira vez, mas para quem sabe da potência da emissora em realizar interação, sem dúvida devem ter ficado um pouco decepcionados como nós.

Esperamos que no próximo ano a HBO volte a proporcionar experiências tão incríveis na CCXP quanto suas produções, e claro, como ela sabe muito bem realizar como já provou em edições anteriores.

HBO E JOHNNIE WALKER

Antes de finalizarmos, não poderíamos deixar de mencionar a parceria entre a HBO e a Johnnie Walker pelo segundo ano consecutivo na CCXP, mas aqui meus queridos, apenas para maiores de 18.

Ano passado, os visitantes do evento puderam provar um whisky lançado para uma coleção exclusiva de Johnnie Walker e Game of Thrones, já nesta edição, o público maior de idade (é claro) teve a oportunidade de experimentar mais DOIS lançamentos que chegam para somar essa linha, sendo eles inspirados nas casas Starks e Targaryen.

O blend da Casa Stark se intitula como “A Song of Ice” (Uma Canção de Gelo) e leva um sabor puro e refrescante, enquanto que o blend da Casa Targaryen, nomeado como “A Song of Fire” (Uma Canção de Fogo), apresenta um toque rico e apimentado que fica na garganta após a degustação.

Também era possível adquirir os whiskies no evento em alguns kits exclusivos. Se você já possui mais de 18 anos e gosta de experimentar este tipo de bebida, fica de olho nas próximas edições porque ao que parece, ela promete ir longe.

Fizemos a cobertura ao vivo da CCXP19 durante os quatro dias no Instagram e deixamos este conteúdo salvo em mais de um destaque em nosso perfil, certifique-se de conferir nossa cobertura por lá, já que promovemos conteúdos diferentes para cada plataforma. Muito conteúdo foi postado exclusivamente lá! Então não deixe de nos seguir para ficar por dentro de tudo – siga: @raprosando.

Continue navegando em nosso blog. Para acessar o último post publicado, clique aqui.

Uma jornalista um tanto quanto nerd, apaixonada por conteúdo, música, filmes, séries e afins. Fundou o blog para dividir as alegrias e as angústias de uma vida que surpreende a cada novo capítulo.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.